sábado, 12 de dezembro de 2009

EXERCÍCIOS PARA O BUMBUM - COM VÍDEO

EXERCÍCIOS PARA O BUMBUM - COM VÍDEO
ExercÍcios para um bumbum perfeito! Verão à vista! É hora de se preocupar com o corpinho. O bumbum merece uma atenção especial, afinal, quem não entra em desespero ao observar sinais de flacidez e celulite nesta região?

Para que você consiga um bumbum bonito, digno de arrancar elogios, a única receita é malhar, malhar e malhar!Com dedicação você também pode adquirir um bumbum de abalar quarteirões! Só não deixe para depois porque milagres não existem!
Evite o álcool. Se beber, controle-se e beba muita água durante e no dia seguinte;- Não fume. A celulite está diretamente ligada às toxinas acumuladas no organismo. O fumo contribui para retenção de líquidos;- Beba cerca de 2 litros de água diariamente;- Corte as gorduras e aposte no azeite extra virgem cru na hora de comer;- Alimente-se corretamente seguindo uma dieta alimentar balanceada e reduza o sal; - Não abandone os exercícios físicos. Se não estiver gostando, inverta a ordem, mude o treino, as séries, a carga, mas não desista! -
Iniciante: de 1 a 2 quilos
Intermediário: de 2 a 4 quilos
Avançado: acima de 4 quilos
Faça de 3 a 4 séries cada exercício e treine em dias alternados para que os músculos descansem


1) Em quatro apoios, eleve uma das pernas mantendo o pé flexionado e o joelho também, mantendo um ângulo de 90 graus. Desça devagar e repita por 15 vezes e repita com a outra perna.














2) Deitada no solo e de costas para o chão mantenha as pernas flexionadas e os pés apoiados no solo. Os braços ficam estendidos na lateral do tronco. Eleve o quadril contraindo o glúteo e volte à posição inicial. Repita 30 vezes. Agora mantenha o quadril na posição de elevação e a contração do quadril contando até 30, então relaxe.










3) Na posição de quatro apoios, eleve uma das pernas como no exercício de número 1 e ao descer a perna cruze o joelho por trás da perna que está apoiada no solo. Repita 15 vezes e repita com a outra perna.











4) Em pé, mantenha as pernas levemente afastadas na mesma direção dos ombros e uma na frente da outra. Flexione e estenda os dois joelhos de modo que o de trás desça até o nível do tornozelo sem tocar o chão e o da frente não pode ultrapassar a ponta dos pés. Repita 15 vezes e repita com a outra perna.













5) Em pé, pernas afastadas com os pés na mesma direção dos ombros. Flexione os joelhos ao mesmo tempo em que projeta o quadril para trás. Abaixe o máximo que puder mas atenção: não deixe que os joelhos ultrapassem a ponta dos pés. Repita 20 vezes.







Coluna assinada por:Vanessa Salvador MariettoConsultora de fitness do Cyber Diet. CREF 020396-G/SP

video

A malhação está acabando com os joelhos

04/05/2007 - 23:28 Edição nº 468


A malhação está acabando com os joelhos

O discurso da vida saudável pegou. Mas trouxe um efeito colateral: a destruição da maior articulação do corpo humano

Suzane Frutuoso


Menisco



O QUE É

Estrutura de fibrocartilagem em forma de meia-lua que fica entre o fêmur e a tíbia. Amortece e lubrifica as articulações


QUAL É O PROBLEMA

Ele pode ser rompido por entorses, quedas, batidas e por excesso de peso ou abuso de esportes


TRATAMENTO

É possível melhorar diminuindo a intensidade dos exercícios. Em caso de cirurgia, há duas técnicas: a sutura do menisco ou a retirada de parte da lesão. Com o tempo, a articulação pode se degenerar (artrose). O transplante de menisco já é possível, mas é raro no Brasil. Faltam bancos do tecido que sejam habilitados


Ligamento


O QUE É

Faixas de tecido que controlam e limitam o movimento das articulações. Existem quatro tipos


QUAL É O PROBLEMA

A ruptura do ligamento é causada por torções que provocam dor, inchaço e insegurança ao caminhar


TRATAMENTO

É possível conviver com o ligamento rompido. Para isso, é preciso diminuir a intensidade da atividade física. Quando a cirurgia é necessária, um pedaço do tendão é colocado no lugar do ligamento. Na sexta semana, a pessoa já pode fazer natação. Em três meses, retoma as atividades aeróbica


Cartilagem


O QUE É

Revestimento do osso que protege a articulação. É lisa como um sabonete e permite a movimentação entre os ossos


QUAL É O PROBLEMA

A ruptura é provocada por quedas, batidas, movimentos errados ou degeneração relacionada à idade


TRATAMENTON

os casos leves, bastam aplicação de gelo, medicação, repouso e fisioterapia. Trocar de atividade pode ser fundamental. Medicamentos diminuem a degradação da cartilagem. Mas não refazem o que já foi perdido



Os esportes que mais provocam lesões
Lesões são mais freqüentes em esportes coletivos, com mudanças bruscas de direção e possibilidade de choque com o adversário.
Exemplo: futebol, basquete e vôlei.
Movimentos repetitivos como os realizados no balé, na maratona, no ciclismo e no triatlo podem causar desgaste ao longo do tempo. Atividades que envolvem fortes impactos sobre os joelhos, como as modalidades de academia – musculação, step e spinning – também são vilãs



Foto: Marcos Marques/ÉPOCA