domingo, 19 de dezembro de 2010

corrida drunks

FOTOS E UM POUCO DA HISTÓRIA DA CORRIDA QUE VAI FICAR NA MEMÓRIA

i
A Corrida Drunks é um evento que ocorre no final de cada ano (de preferência no último final de semana) e que consiste numa corrida em ritmo lento, o inicio fazendo às 19 horas o percurso do Leblon até o Leme, no Rio de Janeiro seguindo pela orla, e com paradas em 04 (quatro) quiosques para hidratação (nessa hidratação tem muita cerveja, para quem não bebe poderar trocar sua cerjeja por água ou refrigerante). A Corrida Drunks começou em 2007 como umapequena confraternização de triatletas, corredores e agregados. No início eram apenas 20 e poucos “atletas etílicos” que desbravaram a orla do Leblon até o Leme. Uma corrida com muita confraternização e alegria. Dois paticipantes resolveram então não deichar a Drunks parar, Raphael Pazos e Marcelo Segala. Um ano inteiro de muito trabalho, muita luta, extres, uma corrida e pontos de hidratação com muita cerveja, muita alegria, novas amizades e uma paisagem maravilhosa. No dia 18/12 eu participei como Staff e poderei falar que foi muito bom, tinha muita, mas muita gente .

Agora só no final do ano que vem.

Quando chegar em Dezembro fiquem atentos nas inscrições que podem ser feitas pelo site corrida-drunks.dimensionebrasile.com/ e custa R$ 40,00, a inscrição.

AtençãoLargada

O lugar da concentração será a esquina entre a Avenida Delfim Moreira com Rua Visconde de Albuquerque no bairro do Leblon.

Paradas Etílicas de Hidratação

As paradas programadas são de 5 minutos.

As paradas:

  1. Ipanema – Quiosque em frente ao Cabo Ferrat. – Distância percorrida: 1,6 km
  2. Ipanema (colocado no Arpoador) – Quiosque em frente ao Colégio São Paulo – Distância percorrida: 3.3 km
  3. Copacabana (perto do Forte) – Quiosque em frente a antiga Boite Help. -Distância percorrida: 4.8 km
  4. Copacabana – Bar Luiz (nosso quiosque VIP) – Quase em frente ao Copacabana Palace. -Distância percorrida: 6.4 km
  5. Leme – Espaço Carioca (final da corrida) – Ultimo quiosque localizado ainda no calçadão. -Distância percorrida: 8 km

Kit Drunks

No Kit de inscrição para corrida Drunks vai ter o numero de peitoral com afinetes para a fixação na camiseta, a camiseta tipo Dry Fit nos seguentes tamanhos:

  • Babylook
  • P
  • M
  • G
  • GG

Ainda incluído no valor da inscrição será oferecita uma lata de cerveja em cada quiosque de parada, totalizando 5 latas de cerveja.

Retirada Kit

No local da largada a partir das 17:30

Arrecadação

Todo o lucro será novamente 100% revertido em doações.








segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Leite de Soja Com Suco de Frutas - Por Izaias Bastos


Fonte: mais você.

Ingredientes
1 copo de 200ml cheio de grão de soja
4 litros de água

Modo de Preparo
Por o grão de soja de molho em 1 litro e meio de água por 6 a 8
horas, depois bater no liquidificador e coar em uma peneira fina,
adicionar no bagaço que ficou na peneira mais 2 litros e meio de
água, o bagaço vai ficar bem clarinho sem resíduos do grão. Se
preferir, também após esta etapa passar o liquido em um coador de
pano ou torcer em um pano de prato até sobrar só o líquido sem
resíduo do grão.Por em uma panela os 4 litros do liquido e deixar
ferver sem a tampa, pois o leite irá se formar e ele entorna
feito o leite de vaca.
Após esfriar bata no liquidificador o leite de soja (2litros) que
também poderá ser utilizado ao natural com 1 pacotinho de preparo
para refresco de qualquer sabor ou com o suco natural da fruta
e sirva gelado. Assim ficara semelhante ao Ades q compramos no
mercado.
Obs. Um pacote de 1k de grão de soja dá para fazer 8 medidas de
200ml, isso significa 36 litros de suco ou de leite de soja
puro.O bagaço do grão de soja moído que sobra na peneira pode ser
reaproveitado e adicionado a carne moída para almôndegas ou a
massa como bolo ou pão.

Como acelerar o metabolismo - CABELO DE MILHO - Receita Natural




Ao se falar em acelerar o metabolismo e, consequentemente, queimar mais gordura, o que leva ao emagrecimento, todos pensamos nos famosos chás da Camellia Sinensis e seus famosos chás, entre eles, o chá verde e o chá vermelho. Mas não são apenas estes os chás que auxiliam o metabolismo lento, o cabelo de milho também pode ser utilizado com este mesmo fim. Vejamos a receita do chá.

Você vai precisar de:
•Uma colher de sopa de cabelo de milho
•Um litro de água

Modo de Preparo:
Ferva o cabelo de milho na água e deixe amornar, então coe o chá.

Posologia
Beba quatro xícaras do chá ao longo do dia.

Cuidados
Evitar em caso de problemas de próstata.

Cabelo de Milho – Propriedades Medicinais

O milho é um conhecido cereal cultivado em grande parte do mundo. O milho é extensivamente utilizado como alimento humano ou ração animal, devido às suas qualidades nutricionais. Existem várias espécies e variedades de milho, todas pertencentes ao gênero Zea. (Fonte: Wikipedia)
Porém as dicas aqui são exclusivas do cabelo do milho.

Cabelo de Milho
Nomes Populares:
•barba de milho,
•cabelo de milho,
•estigmas de milho,

Propriedades:
É diurético,
◦antiinflamatório.
•Trata o cálculo renal,
◦cistite,
◦distúrbios cardíacos,
◦inflamações da bexiga,
•Libera a urina.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A ROUPA CERTA PARA CADA EXERCÍCIOS



Engana-se quem pensa que uma roupa descolada na academia é pura esnobação. Os atletas profissionais, assim como os simples mortais que malham por ideologia, necessidade ou gosto pessoal, buscam a cada dia roupas confortáveis e que aumentem o desempenho.

E esse passou a ser o foco das confecções de roupas esportivas. Ou seja, comprar roupas específicas para cada tipo de malhação não é motivo de vaidade excessiva. Foi-se o tempo. Com as pesquisas intensas na busca de novos materiais, fábricas e confecções miram seus esforços em suprir a necessidade deste público exigente.

De fato o consumidor deste tipo de moda está mais exigente e ciente de suas necessidades. Por isso os lançamentos não param. Quem defende a afirmação é a estilista Mônica Alves, no mercado nacional com a confecção que leva o seu nome há 15 anos. "Hoje a palavra de ordem nas coleções de moda esportiva é tecnologia".

Mônica explica que existem tecidos específicos para cada tipo de esporte. O Supplex, marca exclusiva da Dupont, foi lançado há alguns anos e é um dos líderes na preferência dos esportistas. Tomou conta do mercado. A aprovação do consumidor foi imediata porque o tecido mantém a forma, resiste com cores vivas a muitas lavagens, é macio, mais confortável e seca muito rápido.

Do futebol veio a novidade Tecdry. Sabe qual é? Um tecido todo furadinho que, em geral, é usado em camisas de futebol. Na verdade esses furinhos são multifilamentos de alta hidrofilidade, ou seja, produzido para garantir uma alta absorção de suor do corpo. Assim, permite um rápido transporte da umidade para o exterior do tecido, mantendo uma temperatura estável e o corpo seco.

E tem mais: pode lavar na máquina, seca rápido e não amassa. Parece coisa de outro mundo? Mas não é. É o futuro. Na mesma linha do lavou-usou tem o Leggero, da Tecelagem Santa Constância. Uma espécie de malha fria que também transporta o suor.

Outra novidade é o Hidrofit, um tipo de lycra muito mais resistente à degradação causada pela ação do cloro ou suor. Resiste, em condições normais de piscina e prática esportiva, de 4 a 5 vezes mais que outros tecidos.

Mas tenha tambem muito cuidado na escolha do calçado para cada tipo de atividade.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

DIETA DA AVEIA COM LINHAÇA - ALGUMAS RECEITAS PARA UMA BOA LIMENTAÇÃO.

Aveia e linhaça melhoram o funcionamento do intestino

Alimentos funcionais com alto teor de fibras, a aveia e a linhaça se complementam. "Elas proporcionam muitos benefícios ao corpo, pois reduzem o colesterol, melhoram o funcionamento do intestino e aumentam a saciedade", explica Francine Schimidt, nutricionista do site Dieta Light. Segundo ela, o consumo ideal da combinação deve ser de três colheres (sopa) por dia, adicionadas a iogurtes, sucos, frutas, comidas e saladas.

Confira neste quadro as receitas aprovadas pela nutricionista:
Arroz integral

(238 calorias por porção)

Ingredientes:
- 1 xíc. de arroz integral
- 1 xíc. de aveia em flocos
- 4 colheres (sopa) de linhaça (germinada)
- 1 cebola ralada
- 5 cols. (sopa) de azeite
- 2 cols. (chá) de sal
- 1 dente de alho
- 4 folhas de hortelã
- ½ xíc. (chá) de nozes picadas

Modo de preparo:
Misture o arroz, a aveia e a linhaça, acrescente ½ litro de água e cozinhe por 30 min. Retire do fogo e escorra. Reserve. Bata o alho, a hortelã, as nozes e 2 colheres de azeite. Reserve. Refogue a cebola com 3 colheres de azeite e acrescente ao arroz. Tempere com o sal e com a mistura de hortelã.
Panqueca

(68 calorias por disco)

Ingredientes:
- 2 xícs. de leite (200 ml)
- 1 ovo
- 1 col. (sobremesa) de óleo
- 3 cols. (sopa) de farinha de trigo
- 2 cols. (sopa) de aveia em flocos
- 1 col. (sopa) de linhaça (germinada)
- 1 col. (sopa) de queijo ralado
- 1 col. (café) de fermento
- Sal a gosto

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes e bata no liquidificador. Aqueça a frigideira com um pouco de óleo e adicione a massa, deixando-a bem espalhada. Vire a massa e frite do outro lado até desgrudar da frigideira. Acrescente o recheio de sua preferência.

Farofa nutritiva

(171 calorias por colher)

Ingredientes:
- 100 g de cebola
- 4 cols. (sopa) de azeite
- 1 cenoura ralada
- 1 xíc. de aveia em flocos
- ½ xíc. de linhaça
- 1 col. (sopa) de salsinha
- Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Doure a cebola no azeite e coloque a cenoura. Adicione a aveia e a linhaça e cozinhe até ficar crocante. Adicione a salsinha e tempere com sal e pimenta-do-reino.

Bolo de banana

(209 calorias por fatia)

Ingredientes:
- 3 bananas
- 1 xíc. (chá) de óleo de canola
- 4 ovos
- 2 xícs. (chá) de açúcar mascavo
- 1 e ½ xíc. de aveia em flocos
- 1 e ½ xíc. de linhaça
- 1 col. (chá) de fermento em pó

Modo de preparo:
Bata as bananas, os ovos e o óleo. Acrescente o restante.Despeje tudo numa fôrma untada e leve ao forno preaquecido por 40 minutos. Sirva com açúcar e canela.


Bolo de aveia com linhaça
e soja





4.Colheres das de ( sopa ) de óleo vegetal
3.Ovos
1.Xícara das de ( chá ) de leite integral ( 240 ml )
2.Xícaras das de ( chá ) de açúcar
1.Xícara das de ( chá ) de aveia fina
2.Xícaras das de ( chá ) de farinha de trigo com
fermento
1.Colher das de ( sopa ) de linhaça moida
1.Colher das de ( sopa ) de leite de soja em pó
1.Colher das de ( Café ) de fermento para bolo
2.Colheres das de ( sopa ) de uva passas


Bata no
liquidificador os 4 primeiros ingredientes até ficar
bem cremoso , seguindo a sequencia a cima , enquanto
isso ,misture o restante dos ingredientes , retire o
creme do copo do liquidificador e junte com a massa ,
misture bem , coloque em uma forma untada e polvilhada
com farinha de rosca , de ( 20X20 cm ) , tipo inglesa
e leve ao forno quente e pré - aquecido por 40 minutos
ou até que enfie o palito no bolo e esse saia limpo ,
desligue o forno e deixe que esse permaneça no forno ,
com a porta aberta até que esfrie , ( isso evita que o
bolo murche ) , deixe esfriar e desenforme
Receita Rondoniense (RO)

Panqueca com aveia e linhaça
Ingredientes
200 ml de leite
1 ovo
1 colher (sobremesa) de óleo
1 colher (café) de fermento
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de aveia em flocos finos (ou em farelo)
1 colher (sopa) de linhaça
1 colher (sopa) de queijo ralado
Sal a gosto
Opções de recheio:
Carne moída refogada com requeijão em bisnaga
Tomate seco com mussarela (bater os dois juntos no processador para ficar uma massa)
Espinafre com ricota
4 queijos etc.


Pão de Aveia com Linhaça
Modo de Preparo1 xícara (chá) de NESTLÉ® Aveia Flocos
100 g de manteiga
meia xícara (chá) de mel
1 colher (sopa) de sal
3 tabletes de fermento biológico
2 ovos
5 xícaras (chá) de farinha de trigo , aproximadamente
3 colheres (sopa) de sementes de linhaça
manteiga para untar
Modo de Preparo:Ferva duas xícaras (chá) de água. Junte a Aveia
X
AveiaProveniente da Ásia, a aveia é um cereal de origem e evolução incertas. Aparentemente, começou a ser utilizada na alimentação humana mais tardiamente do que o trigo. Inicialmente, só era usada para fins medicinais.
[Saiba mais]

, a manteiga
X
ManteigaCom 80% de gordura em sua composição, a maioria saturada, a manteiga é forte candidata à vilã da alimentação. Mas o alimento, um dos mais apreciados no mundo, é quase indispensável para a preparação de uma infinidade de receitas e, se consumido sem exagero, faz parte de uma alimentação equilibrada. E, sim, muito saborosa.
[Saiba mais]

, o mel
X
MelDesbancado pelo açúcar como principal adoçante nos últimos séculos, o mel sempre foi usado como alimento pela humanidade — a apicultura já era bem estabelecida em 2600 a.C.Os primeiros registros do néctar datam de 5500 a.C., no Egito antigo, a ponto de a parte sul do país ter sido conhecida naquela época como "terra das abelhas".
[Saiba mais]

e o sal. Deixe amornar e acrescente o fermento já dissolvido em meia xícara (chá) de água morna. Adicione os ovos
X
OvosOs ovos de galinha são recursos básicos na preparação de pratos tanto na gastronomia ocidental quanto na oriental. Por ser tão importante na alimentação e também responsável pela reprodução de inúmeras espécies, criaram-se muitas lendas sobre o alimento.
[Saiba mais]

, a farinha de trigo
X
TrigoInformações sobre o cultivo do trigo datam de 10000 a.C., quando o homem desenvolveu as primeiras técnicas de agricultura. Da mesma época são as técnicas mais rudimentares para se extrair a farinha, essencial para o preparo o pão, cuja criação é creditada aos egípcios.
[Saiba mais]

e a linhaça
X
LinhaçaA linhaça é a semente do linho, cujo cultivo, para a extração da fibra usada na fabricação de tecidos, perde-se no tempo. O uso culinário e medicinal das sementes não é menos ancestral.
[Saiba mais]

, misturando bem. Coloque a massa numa tigela untada com manteiga
X
ManteigaCom 80% de gordura em sua composição, a maioria saturada, a manteiga é forte candidata à vilã da alimentação. Mas o alimento, um dos mais apreciados no mundo, é quase indispensável para a preparação de uma infinidade de receitas e, se consumido sem exagero, faz parte de uma alimentação equilibrada. E, sim, muito saborosa.
[Saiba mais]

, cubra com filme plástico e deixe dobrar de volume em lugar aquecido (cerca de 30 minutos). Sove a massa com a ponta dos dedos por cerca de 5 minutos para remover o ar. Se necessário, coloque mais farinha, apenas para poder modelar os pães (a consistência da massa deve ser elástica e mole). Divida em duas partes e modele os pães numa superfície bem enfarinhada. Coloque os pães em duas fôrmas para bolo inglês (22 x 9 x 6 cm) untadas, cubra novamente com um pano e deixe crescer até dobrarem de volume (cerca de 40 minutos). Asse em forno médio-alto (200°C), preaquecido, por aproximadamente de 40 minutos.
Dicas:- A semente de linhaça
X
LinhaçaA linhaça é a semente do linho, cujo cultivo, para a extração da fibra usada na fabricação de tecidos, perde-se no tempo. O uso culinário e medicinal das sementes não é menos ancestral.
[Saiba mais]

é encontrada em grandes redes de supermercado ou, mais facilmente, em lojas de produtos naturais.
- Pincele manteiga
X
ManteigaCom 80% de gordura em sua composição, a maioria saturada, a manteiga é forte candidata à vilã da alimentação. Mas o alimento, um dos mais apreciados no mundo, é quase indispensável para a preparação de uma infinidade de receitas e, se consumido sem exagero, faz parte de uma alimentação equilibrada. E, sim, muito saborosa.
[Saiba mais]

e espalhe NESTLÉ® Aveia
X
AveiaProveniente da Ásia, a aveia é um cereal de origem e evolução incertas. Aparentemente, começou a ser utilizada na alimentação humana mais tardiamente do que o trigo. Inicialmente, só era usada para fins medicinais.
[Saiba mais]

Flocos sobre o pão ainda quente.
- Substitua a semente de linhaça
X
LinhaçaA linhaça é a semente do linho, cujo cultivo, para a extração da fibra usada na fabricação de tecidos, perde-se no tempo. O uso culinário e medicinal das sementes não é menos ancestral.
[Saiba mais]

por duas colheres (sopa) de semente de papoula ou castanha de cajú picada.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Mãos frias, corpo quente - Exercícios peito – Supino inclinado com halteres fixos




Baixar a temperatura delas no intervalo das séries
de supino pode melhorar seu desempenho no exercício ...
Ou seja, ajuda você a fazer mais repetições do movimento.

Motivo: palma da mão
fria proporciona menor percepção de esforço do que quando está aquecida,
segundo estudo publicado pelo The American College of Sports Medicine (EUA).
Pesquisadores americanos e australianos apontaram ainda que, para isso, o ideal é
diminuir a temperatura das mãos de cerca de 35 para 20 graus: "Use água gelada ou uma bolsa de gel

Por falar nisso:
Exercícios peito – Supino inclinado com halteres fixos
Modo de execução: Sente-se num banco ligeiramente inclinado para a frente. As palmas das mãos devem estar voltadas para cima e de forma a que o seu braço e antebraço formem um ângulo de 90 graus. Levante o haltere até ficar com os braços esticados. Retorne à posição inicial lentamente.

Músculos trabalhados com mais ênfase:
Primário: peitoral maior superior
Secundários: deltóide anterior, tríceps

Particularidades do exercício: O ângulo de inclinação do banco determinará qual o músculo mais trabalhado. A elevação do encosto do banco e o aumento da sua inclinação faz com que a pressão do exercício recaia para as partes mais elevadas do músculo peitoral. Uma inclinação de cerca de 60% fará com que a pressão recaia no deltóide anterior.

De maneira a maximizar o trabalho do peito, abra bem os cotovelos enquanto estiver a baixar halteres. Faça com que os halteres se toquem quando estiverem lá no alto. Se terminar o supino inclinado pouco antes de esticar completamente os braços, colocará mais pressão nos peitorais. Quanto mais baixo descer os halteres, maior será o alongamento do músculo peitoral. No entanto, se os baixar em demasia poderá sofrer uma lesão no ombro. Como tal, é aconselhado não descer os halteres abaixo do nível d tórax.
_______________________________________________________________
Ilustração retirada do livro Bodybuilding Anatomy de Nick Evans

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Dieta sem sofrimento


Saiba como controlar o peso sem precisar abrir mão de comidas gostosas
Quando pensamos em fazer, dieta, a primeira coisa que vem a cabeça são aquelas tabelas confusas de calorias e cardápios sem graça que variam entre arroz integral
e o tradicional grelhado com salada.
Não é à toa que sempre deixamos para começar um regime na segunda-feira mais próxima. O que poucos sabem, porém, é que fazer dieta não precisa nem deve ser
um martírio. "Tem que ter variedade e dar prazer em comer, senão, ninguém aguenta", diz Roseli Rossi, diretora da Clínica Equilíbrio Nutricional, de São Paulo.
Para evitar que haja desistência logo na primeira semana, a nutricionista dá dicas de como preparar receitas que não engordam, porém, são saborosas. A salada
de soja, por exemplo, fica muito mais gostosa se for incrementada com uma lata de atum natural, tomate, agrião, alface, cebola, nozes e salsinha. Em vez de fazer só
o filé de peixe grelhado, coloque fatias de queijo-de-minas frescal light, tomate, alho e orégano e monte uma versão "pizzaiolo".
Vai dar vontade de comer sem fazer cara feia. Legumes cozidos misturados com requeijão light ficam uma delícia no recheio da torta que é feita com aveia em vez de farinha.
Outro problema comum em cardápios de dietas é a exclusão total de alguns nutrientes como carboidrato e gordura, o que é muito prejudicial à saúde.
"Privar o organismo de calorias e certas , substâncias gera estresse e desequilíbrio metabólico, que pode causar cansaço, queda de cabelo, alteração de humor e
até do ciclo menstrual", diz Roseli. Esses efeitos negativos das dietas exageradas desestimulam os que tentam emagrecer. "Que é preciso evitar frituras, todo mundo
sabe, mas não é necessário cortar o azeite, que é uma gordura boa", diz. Ficar em jejum por muitas horas também pode ser prejudicial. Mesmo que ocorra um emagrecimento aparente, a perda muitas vezes é de massa muscular e água, o que não é saudável. Como de tres em tres horas.
Tão importante quanto perder peso é conseguir mantê-Ia. Por isso, é fundamental mudar os hábitos alimentares de forma definitiva e aprender a preparar receitas saudáveis e gostosas que possam fazer parte do seu cardápio diário, e não somente durante o regime. "Estudos comprovam que, para emagrecer, é preciso comer",
diz Roseli. Ela lembra também que cada organismo tem seu metabolismo e responde às dietas de jeitos diferentes.
"O ideal é procurar um profissional para montar um cardápio personalizado."
---------------------------------------


A salada pode fazer parte de toda dieta, mas não é a única opção para emagrecer


---------------------------------------------
Torta de legumes com aveia

RENDE: 6 PORÇOES

TEMPO DE PREPARO: 40'

2 colheres (sopa) de flocos grossos de aveia
• 200 ml de leite desnatado·
1 ovo·
1colher (sopa) cheia de requeijão light •
1'colher (sopa) de queijo parmesão light ralado·
2 cenouras médias
• 8 vagens·
1 cebola pequena·

Ialho pequeno
• l/2 ramo de manjericão fresco·
1 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem •
2 colheres (sopa) de salsinha •
1colher (chá) de sal

MODO DE FAZER:
RECHEIO
Em uma panela antiaderente, refogue a cenoura, a cebola, o alho e a vagem picados. Adicione água aos poucos, até a cenoura ficar evemente macia e junte o manjericão e o sal. Desligue o fogo, adicione o azeite de oliva e deixe amornar.

MASSA
Bata no liquidificador o restante dos ingredientes e espalhe em uma fôrma redonda pequena, untada e enfarinhada. Coloque o recheio morno sobre a massa e leve ao forno preaquecido em temperatura média por aproximadamente 40 minutos.
Sirva quente ou fria.
16 Sendas I Abr2010




Mais receitas
*---*
Berinjela Recheada com Ricota e Aveia


Ingredientes

Recheio:
300 g de ricota fresca amassada com um garfo
1 colher (sopa) de azeite
4 talos de cebolinha fatiados
20 folhas de manjericão fatiadas
folhas de 6 ramos de tomilho
¾ de xícara (chá) de aveia em flocos regulares
¼ de xícara (chá) de castanha-de-caju picada
Sal a gosto

Finalização:
1 berinjela grande
Sal a gosto
1 tomate sem sementes em cubos pequenos
Azeite

Modo de Preparo

Recheio: misture bem todos os ingredientes e divida em 6 partes iguais. Reserve.

Finalização: corte a berinjela em 6 rodelas iguais. Apóie-as em uma tábua e retire o miolo com a ajuda de uma colher (deixe 1 cm de miolo na base das berinjelas para o recheio não vazar por baixo). Tempere o interior com sal e distribua o recheio na cavidade de cada berinjela. Divida o tomate em 6 partes iguais e coloque na superfície das berinjelas.
Leve as berinjelas para assar em assadeira untada com azeite e coberta com papel-alumínio em forno, preaquecido, a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até ficarem macias ao toque de uma faca.
Sirva-as em seguida, acompanhadas de filé de peixe grelhado.

*----*
Bolinho Grelhado de Aveia e Espinafre

Ingredientes

1 cebola picada
2 dentes de alho picados
3 colheres (sopa) de azeite
Folhas de 1 maço de espinafre picadas (360 g)
60 g de queijo parmesão ralado
1 xícara (chá) de aveia em flocos finos
3 claras
1 colher (café) de fermento em pó
sal a gosto
noz moscada a gosto

Preparo

Aqueça bem uma frigideira e refogue a cebola e o alho no azeite. Junte o espinafre e refogue-o até murchar e secar a água do fundo da frigideira. Deixe esfriar. Transfira-o para uma tigela, acrescente o restante dos ingredientes e misture bem. Divida a massa em 15 porções iguais e achate-as como um hambúrguer de 5 cm de diâmetro.
Aqueça uma frigideira antiaderente e frite os bolinhos dos dois lados, até ficarem dourados. Sirva em seguida.
*--------*

Tomates Recheados
Ingredientes

125 g de brócolis japonês
1/2 colher (chá) de azeite
2 dentes de alho picados
¼ xícara de farinha de aveia para uso culinário (30 g)
2 colheres (sopa) de margarina light
2 ½ xícaras (chá) de leite desnatado (500 ml)
4 colheres (sopa) de requeijão light
Sal, pimenta e noz- moscada ralada a gosto
8 unidades de tomate caqui (250 g cada)
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Preparo

1. Limpe e cozinhe os brócolis no vapor e, assim que estiverem cozidos, pique-os. Em uma frigideira doure o alho no azeite. Acrescente os brócolis, refogue por alguns instantes e reserve.
2. Cozinhe a farinha de aveia na margarina, em uma panela média, por 8 minutos. Acrescente o leite aos poucos sem parar de mexer. Assim que engrossar tempere com sal, pimenta e noz-moscada e retire do fogo. Adicione o requeijão e os brócolis refogados.
3. Corte a parte superior dos tomates e, com o auxilio de uma colher, retire a polpa. Tempere o interior dos tomates com sal e pimenta e recheie com o creme de aveia e brócolis.
4. Disponha-os em uma forma untada com óleo, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno quente (200º C) por cerca de 20 minutos, ou até que dourem.


Dica: retire um pequeno pedaço da base dos tomates para acomodá-los melhor na forma.

*----*

Escondidinho de frango com abóbora e aveia
Ingredientes:

Frango:
2 dentes de alho picados
1 cebola picada (100 g)
2 colheres (sopa) de azeite
1 peito de frango cozido e desfiado (cerca de 400 g)
4 talos de cebolinha verde lavados e picados
folhas de 2 ramos de tomilho lavados e picados
folhas de 1 ramo de alecrim lavado e picado
sal a gosto
1/3 de pimenta dedo-de-moça sem sementes e picada
½ embalagem de cream cheese light (75 g)
¼ de xícara (chá) de leite desnatado (50 ml)
Purê de abóbora:
¼ de abóbora japonesa em cubos pequenos (cerca de 250 g)
folhas de 6 ramos de tomilho lavados e picados
sal a gosto
pimenta-do-reino recém-moída
1 xícara (chá) de Aveia em Flocos (80 g)
1 ½ xícara (chá) de leite desnatado (300 ml)
folhas de 6 ramos de salsa lavados e picados

Preparo:

Frango: refogue o alho e a cebola no azeite. Acrescente o restante dos ingredientes e mexa bem. Reserve.
Purê de abóbora: cozinhe a abóbora junto com o tomilho em fogo baixo por cerca de 20 minutos até amolecer (caso necessário, acrescente 2 colheres (sopa) de água). Esprema a abóbora até virar purê. Junte o restante dos ingredientes e misture até formar um creme homogêneo.
Montagem: separe 6 refratários pequenos de 8 cm de diâmetro por 5,5 cm de altura. Em cada um, disponha ½ xícara (chá) de frango no fundo e complete com ½ xícara (chá) de purê. Repita o mesmo processo preenchendo todos os refratários. Acomode-os em uma assadeira e leve ao forno, preaquecido, a 180ºC por 15 minutos para esquentar. Sirva em seguida.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Dicas: para toda a família, faça-o em um refratário grande;
Experimente substituir o purê de abóbora por purê de mandioca.

Porção (1 refratário, 200 g)
VCT: 276,88 kcal
Fibras: 3,46 g
Colesterol: 64,83 mg

ZONA DE IMPACTO


A planta do pé é a primeira parte do corpo que sente o impacto dos seus passos e a fasciíte plantar pode ser o primeiro motivo para se preocupar com essa área
:: POR DANIEL BRAZ :: ILUSTRAÇÃO CLAUDIO MACHADO
------------------------------------------------------------



Geralmente os corredores se preocupam com dores nos joe- lhos, cãibras, ligamentos e tendões. Para se prevenir contra esses males são indicados diversos exercícios e alongamentos. O que poucos atletas lembram é que a primeira parte do corpo que sofre o impacto das passadas é a sola do pé e que, como todas as outras estruturas, também merece cuidados especiais.
Um dos problemas mais comuns relacionados a essa área é a fasciíte plantar, uma lesão causada pela inflamação da fáscia plantar, estrutura responsável por dar apoio ao arco do pé. Existem diversos motivos para que essa inflamação aconteça e um dos mais comuns é a sobrecarga, que pode ser tanto de peso como de uso. Segundo o ortopedista Leonardo Ramos, do Hospital São Camilo, "um corredor acima do peso com um calçado inadequado pode desenvolver essa lesão, assim como uma pessoa que treina demais e força muito a fáscia plantar". Além disso, Ramos desaca que o tipo de pisada, se for muito pronada (para dentro) ou muito supinada (para fora), também pode dar origem à fasciíte.

Os primeiros sinais
A dor causada pela fasciíte plantar é frequentemente confundida com dores relacionadas ao calcanhar, devido à localização do foco de dor. A inflamação causa uma dor aguda um pouco abaixo do calcanhar e é semelhante a estar pisando em algum objeto pontiagudo. Em casos mais avançados, a fasciíte pode causar dor em toda a planta do pé.
A fisiatra do Hospital Sírio-Libanês, Christina May Moran de Brito adverte que se não for tratada no estágio inicial e de maneira correta, a fasciíte plantar "pode se tornar uma dor crônica, necessitando de medicação via oral e fisioterapias por muito mais tempo".
O empresário Maurício de Freitas Rodrigues, 47, conta que sempre correu com dor, mas foi depois da Meia-maratona do Rio de Janeiro que ele sentiu os efeitos da fasciíte. "Quando voltei para casa, fui correr e parecia que eu estava descalço no asfalto.
Tinha dias que eu nem conseguia andar!" Depois disso, Rodrigues procurou tratamento e conta que ficou cerca de oito meses fazendo fisioterapias.
Corredora há mais de cinco anos, a psicóloga Claudia Guerreiro do Valle, 43, acredita que desenvolveu a lesão por falta de alongamento. "Eu sentia como se um parafuso estivesse entrando no meu pé", conta ela, lembrando que depois de tomar anti-inflamatórios ainda fez mais dez sessões de fisioterapia e completa: "Procurei o médico assim que a dor começou".

Tratamento e diminuição da dor Segundo o ortopedista Ramos, na hora da dor o melhor é recorrer ao gelo, uma solução simples e eficaz. Muitos corredores preferem cuidar da dor de uma maneira também muito popular, mas nem sempre indicada, que é colocar o pé no gelo, depois em água quente, e ir alternando, "É importante lembrar que a água quente, em casos agudos, pode piorar a inflamação. Na dúvida, use sempre só o gelo", diz oortopedista.

:: PASSO A PASSO
o tratamento da fasciíte plantar pode ser resumido em três etapas:

1a ETAPA
Tratamento para diminuir a dor usando gelo e anti-inflamatórios

2a ETAPA
Descobrir a causa da fasciíte e em que estágio a lesão está

3a ETAPA
Reverter o desequilíbrio muscular das pernas fazendo alongamentos e fortalecendo a musculatura com exercícios



>"O tratamento envolve conhecer o esporte praticado por quem tem a dor, além do ritmo de treinos e as exigências de cada modalidade. Ou seja, é preciso entender
o gesto esportivo", complementa Ramos. Ejustifica: "É possível fazer o tratamento sem parar de correr, basta mudar a maneira de treinar, o tipo de terreno e diminuir a intensidade. Se um corredor tem de parar de correr para se curar, nós o estam os prejudicando e não ajudando. É como dizer para um jogador de futebol que sofreu uma contusão que ele terá de abandonar os campos. O atleta desanima na horal"
Para diminuir a chance de desenvolvera fasciíte plantar,a fisiatra afirma que "o corredor deve estar atento ao seu peso, utilizar um calçado com amortecimento adequado para cada tipo de atividade e, principalmente, fazer muito alongamento da musculatura posterior da perna e da própria fáscia plantar",

Treinos de corrida iniciante, intermediário e avançado


Ainda não sou o que posso vir a ser, mas estou feliz por não ser mais o que eu era...

Correr na rua é uma das formas mais simples de se exercitar, mas que requer alguns cuidados especiais.


A rua lhe permite treinar a qualquer hora do dia, em qualquer dia, de acordo com a sua disponibilidade. Ela também oferece uma variedade enorme de percursos com subidas e descidas que ajudam a adaptar o seu treino ao seu nível de condicionamento físico.

Mas correr na rua também oferece alguns riscos como tomar cuidado com o trânsito, faróis, poluição dos carros, terreno em desnível, biciletas, saída de garagem, cachorros e com possíveis buracos.

Muitas pessoas optam por correr em parques onde não há movimento de carros, mas em termos de poluição, sabemos que as árvores liberam a noite, todo o gás carbônico sugado durante o dia. De qualquer forma ainda é melhor correr em parques do que em ruas com grande movimentação.

Tome sempre cuidado com a hidratação, aquecimento, alongamento e roupas apropriadas para a atividade.

Não se exceda. Respeite o seu limite e faça um treino bem orientado e de acordo com a sua condição física.


Veja abaixo algumas sugestões de treinos: Iniciante, Intermediário e Avançado.

Iniciante:
3x por semana em dias alternados

2 semanas, sendo:
2 minutos caminhando, 1 minuto correndo alternadamente por 30 minutos.

2 semanas, sendo:
2 minutos caminhando 2 minutos correndo por 40 minutos.

2 semanas, sendo:
5 minutos caminhando, 5 minutos correndo por 40 minutos.

2 semanas, sendo:
1 minuto caminhando, 5 minutos correndo por 36 minutos.

2 semanas, sendo:
5 minutos caminhando 10 minutos correndo por 45 minutos.

2 semanas, sendo:
5 minutos caminhando 20 minutos correndo.

2 semanas, sendo:
30 minutos correndo em terreno plano.
30 minutos correndo em terreno variado.


Intermediário:
4x por semana em dias alternados

2 semanas, sendo:
30 minutos (primeiro dia), 40 minutos (segundo dia da semana), 40 minutos (terceiro dia da semana), 50 minutos no plano (quarto dia da semana).

2 semanas, sendo:
30 minutos, 40 minutos, 40 minutos, 50 minutos em terreno variado.

2 semanas, alternando o ritmo: trote, moderado e forte por 30 minutos.

2 semanas, alternando o ritmo por 40 minutos.

2 semanas alternando plano e ladeira por 40 minutos.


Avançado:
4x por semana em dias alternados

2 semanas, sendo:
40 minutos, 50 minutos, 50 minutos, 10 km.

2 semanas, sendo:
50 minutos no plano, 50 minutos em terreno variado, 60 minutos no plano, 10 km.

2 semanas, sendo:
40 minutos em ladeira, 50 minutos alternando o ritmo, 10 x 400 m (tiros) velocidade alta e recuperação na volta, 12 km.

2 semanas, sendo:
40 minutos em ladeira, 50 minutos alternando o ritmo, 10 x 800 m (tiros) velocidade alta e recuperação na volta, 12 km.

2 semanas, sendo:
60 minutos em terreno variado, 40 minutos em ladeira, 10x 1100(tiros), 12 km.

Faça um trabalho de fortalecimento muscular com musculação 3x por semana e alongamento antes e depois dos exercícios. Se possível, faça aulas de alongamento 2x por semana.
Por:
Valéria Alvin Igayara de Souza
CREF 7075/ GSP - Especialista em treinamento.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

FOCO NO ALONGAMENTO


Séries simples para serem realizadas logo após a corrida ajudam a evitar dores e a relaxar depois da prática do exercício


:: POR MARINA OLIVEIRA :: ILUSTRAÇÃO CLAUDIO MACHADO


Iniciantes ou veteranos, por falta de tempo ou disciplina, muitos corredores costumam deixar o alongamento de lado logo apósos treinos e competições. Porém, praticá-Io - e transformá-Io emum hábito durante as passadas - pode contribuir para o relaxa-mento pós-treino, ajudando na recuperação.Apesar da importância, alguns pontos devem ser observadosantes de começar as sessões de estica-e-puxa, "Segundo ar-tigos recentes, o alongamento antes dos treinos pode seraté prejudicial, diminuindo a potência do corredor. Alémdisso, ainda não existem provas de que o alongar-'se podecontribuir para a prevenção de lesões", conta o treinadorRenato Dutra que, por conta disso, hoje indica séries somenteapós a prática da corrida. Antes, apenas um aquecimento comcorrida leve.

O fisioterapeuta Maurício Garcia é outro que garante as vantagens do alongamento pós-treino: "A principal ben-feitoria é trazer o músculo ao estado 'normal' após aprática da atividade física. Sem alongar, esse músculoaté volta para essa situação, mas a um custo maior, o que pode causar dores tardias", relata.
O fisioterapeuta explica como devem ser feitas as sessões. "Asséries devem durar cerca de seis ou sete minutos. Os músculos principais a serem alongados são os do quadríceps, panturrilhas e a parte posterior da coxa", diz Garcia, que alerta aos corredores iniciantes que a dor durante essa prática não é normal:"Não é necessário que o corredor sinta dores para achar que está fazendo esse exercício corretamente. Além disso, é um erro imaginar que quanto mais tempo alongando, mais o músculores ponde, Pelos estudos atuais, 30 segundos em cada movimento já são suficientes", conclui. Dutra também tem restrições ao alongamento depois dascorridas: "No caso dos treinos longos, o melhor a fazer é optar pela aplicação de gelo para relaxar a musculatura, Alongar-se é uma opção para quem correu, no máximo, 1h 15min".

"Mesmo assim,o alongamento ainda é importante para corredores com encurtamentos musculares, problemas de postura ou algumas lesões específicas, como a fascilíte plantar - que é ligada ao encurtamento dos músculos da panturrilha", complementa o treinador...


FONTES: MAURICIO GARCIA, FISIOTERAPEUTA COORDENADOR DO INSTITUTO COHENDE ORTOPEDIA, REABILITAÇÃO E MEDICINA DO ESPORTE E DO CEIE (CENTRO DETRAUMATOLOGIA DO ESPORTE) DA UNIFESP (UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO) ERENATO OUTRA, DIRETOR TÉCNICO DA AÇÃO TOTAL ASSESSORIA ESPORTIVA

PARA PRATICAR


Confira as séries de alongamentos pés-treino indicadas pelo fisioterapeuta Maurício Garcia:


:: MUSCULATURA POSTERIOR DA COXAMantenha os joelhos bem esticados e incline su-avemente o tronco sobre a perna, sem curvar acoluna. Repita o movimento três vezes, segurandopor 30 segundos.
:: PANTURRILHA Apoie a ponta do péem uma superfície como uma guia decalçada e mantenha a perna esticada,sentindo alongar a região posteriorda perna. Faça três séries de 30 se-gundos cada.

Aceita um chazinho?

Dicas e receitas de como preparar um chá.

Chás de Folhas & Ervas - Fitoterapia

"Se bem não faz, mal também não"

Esta frase comumente ouvida, não é verdade, pois chás tomados sem orientação podem causar danos ao organismo.


Como preparar o chá corretamente.

As ervas medicinais podem ser usadas de várias formas e uma delas é como chá tradicional.

Em regra geral precisa-se para cada 1 litro de água 4 colheres de sopa de folha seca ou 8 colheres de sopa de folhas verdes.

Jogue a erva seca ou frescana água quente e deixe cerca de ½ minuto a ferver em recipiente tampado. Só então apague o fogo. Deixe por alguns momentos para que a substância ativa se solte na água.




Recomendamos:

ERVA CIDREIRA - é calmante e digestivo;

ERVA DOCE - é calmante, digestivo e ajuda a eliminar os gases intestinais;

FOLHAS DE LIMOEIRO OU LARANJEIRA - ajuda na prevenção da anemia, gripe e mau hálito.

Saladas com ervas são uma delícia !!!

Outra forma bastante eficiente de usarmos as ervas, é comê-las cruas nas saladas.

Com criatividade e tempero elas ficarão uma delícia e enriquecerão a sua alimentação.

Aqui vão algumas sugestões: língua de vaca, salva, hortelã, dente de leão, salsa, cebolinha, aipo e agrião.

Não esqueça de lavá-las em água corrente e tratada.

Dicas

1.. Evite adoçar os chás com açúcar ou adoçante, pois estes interferem negativamente na ação da planta. Quando puder use mel.

2.. O chá de arruda, quando aplicado no couro cabeludo e fios de cabelo, ajuda a matar piolho. Para 1 litro de água coloque 2 colheres de sopa da erva.

3.. As plantas devem ser colhidas quando molhadas, no horário da madrugada.

4.. As ervas que perderem o odor característico não servem para fins terapéuticos.

5.. O confrei é rico em ferro, fósforo, zinco, cálcio e manganês. Ajuda no tratamento da diabetes, anemia e gastrite.

6.. A arnica é indicada para contusões e hematomas, porém se ingerida sem orientação médica torna-se tóxica ao organismo.

7.. Não cultive ervas próximo à rede de esgotos. Verifique a origem da água que regam as plantas. Se for de origem duvidosa não consuma !

8.. As ervas não são milagrosas. Em casos de doenças consulte um médico.

9.. Prepare o chá diariamente, pois este pode fermentar de um dia para outro.

10.. Não se deve tomar chá durante as refeições, devendo aguardar 1 hora depois para bebê-lo, pois este tomado durante as refeições diluem o suco gástrico, dificultando a digestão.

Algumas Folhas e Ervas estudadas.

AGRIÃO: É depurativo, expectorante e diurético.

ALECRIM: É boa para evitar os gases e auxiliar na digestão, atuando também como calmante.

ALFAVACA: Tem efeito febrífugo e é ótimo para cálculos e cólicas renais.

AMOR-PERFEITO: É depurativa e ajuda no tratamento de afecções

cutâneas, podendo ser utilizado sob a forma de chás e compressas como reforço externo.

ANGÉLICA: Tonifica o estômago e é eficaz nas tosses crônicas.

BABOSA: É antiséptica e anti-inflamatória.

BOLDO DO CHILE: Sua ação maior é sobre a vesícula e o fígado, auxiliando também na digestão.

CALÊNDULA: É um excelente analgésico e antiespasmódico.

CAMOMILA: É calmante e digestiva.

CARQUEJA: É boa para o estômago, fígado, é vermífuga, e indicada para casos de diabetes, com uso moderado.

ERVA-DE-SANTA-MARIA: É um poderoso vermífugo, indicada também para as doenças do trato respiratório. Deve ser empregada com cautela, pois é tóxica se for utilizada em doses excessivas.

ESPINHEIRA-SANTA: Indicada para distúrbios estomacais.

LOURO: Boa para o estômago e gases, podendo ser ingerida na forma de chás e temperos.









Saudável e saborosa, essa bebida milenar pode trazer muitos benefícios para o corpo,além de hidratá-Io. Conheça algumas dessas vantagens e veja como aproveitá-las

CAMOMILA


Modo de Preparo:
Primeiramente, ferva a água para depois adicionar as flores de camomila. Tampe e deixe descansar por quinze minutos.


Dicas de uso
Contra a insônia: Use flores secas de camomila para fazer travesseiros. Seu aroma delicado e suave ajuda a acalmar e diminuir a ansiedade.

Compressas: Para combater inflamações e inchaços dos olhos, recomenda-se aplicar compressas com o chá de camomila. Utilize um pano bem limpo, embebido no chá morno, coloque suavemente sobre os olhos.

Banho calmante e relaxante: Coloque um punhado de flores secas na água morna da banheira. É ideal para acalmar a agitação dos bebês e favorecer um sono tranqüilo.

Suavizante da pele: O óleo de camomila (encontrado nas boas farmácias de manipulação) é um ótimo suavizante para queimaduras e irritações da pele.
Para limpar as crostinhas da cabeça do bebê: Misture uma colher (sopa) de flores de camomila a uma xícara (café) de óleo de cozinha. Leve ao fogo, em banho-maria, por 3 horas. Coe num pano fino e esprema bem. Use embebido em algodão, passando delicadamente sobre as crostinhas.

Para aliviar dores: Faça o mesmo preparado explicado para as crostinhas do bebê, só que no final acrescente 1 pedra de cânfora. Aplique o óleo e cubra a região dolorida com gaze ou uma fralda de pano limpa.

Curiosidade
Dizem que a camomila dá muita sorte e ajuda a atrair dinheiro, por isso, em tempos remotos, os jogadores costumavam lavar suas mãos com chá de camomila antes de jogos importantes.

Ajuda a purificar o sangue, eliminandoimpurezas, e promove a desintoxicação.Tem função calmante sobre o sistemanervoso e alivia problemas digestivos.Dicas: compressas como chá sobre a pele podemaliviar inflamaçõese irritações.
Gotas de mel no chá decamomila adoçam e dãoum gostinho especial


MATE
Chá - mate gelado

Rendimento: 3 porções
Tempo de Preparo: 20m
ingredientes:

2 colheres (sopa) de chá mate

1 l de água
Suco de dois limões

Pode-se acrescentar à água de preparo do mate vários tipos de erva, para acentuar o sabor ou para fins medicinais, tais como boldo, camomila, capim-limão, carqueja, funcho, guaco, hortelã, marcela, poejo, amescla.

Modo de Fazer:
Bote a água no fogo, antes de levantar fervura desligue o fogo, coloque o mate e tampe,
Coe e espere esfriar.
Enquanto o chá esfria coloque o suco do limão e o açúcar no liquidificador
Quando o chá estiver frio coloque - o também no liquidificador e deixe bater
Sirva com cubos de gelo


Chá Mate Com Leite

Rendimento: 2 porções
Tempo de Preparo: 01m
Ingredientes:

500ml de chá mate sem açúcar, o mais gelado possível
4 colheres de sopa de leite em pó Ninho
1 colher de café de chocolate em pó
4 colheres de sopa de leite condensado (pode ser colocado a gosto)

Modo de Fazer:
No liquidificador bater o chá gelado, o chocolate em pó e o leite condensado por aproximadamente 20 segundos
Adicionar as colheres de leite em pó aos poucos, até misturar bem e ficar cremoso

Com poder antioxidante, diminui a ação dosradicais livres, que causam envelhecimentoprecoce das células. É um ótimoestimulante para atividades física e mental,pois atua sobre os nervos e músculos.Dica: experimente bater o chá-matecom rodelas de abacaxiou misturar um poucode limão e gengibre.



CIDREIRA


Você vai precisar de:
•Uma colher de sobremesa de folhas e ramos de erva cidreira picados,
•Uma xícara de chá de água
Modo de Preparo:
Ferva a água, desligue o fogo e coloque as folhas e ramos de erva cidreira. Tape e deixe abafado por 10 minutos.

Posologia
Tomar uma xícara do chá três vezes ao dia.

Outras dicas
O chá de erva cidreira também é um bom analgésico e podem auxiliar a curar dores de cabeça.


Tem função calmante sobre o sistemanervoso, auxilia no controle da ansiedade e problemas como insônia e irritabilidade.
Dica: fica ótimo se for misturado com um pouco de gengibre e servido com uma rodela de limão.

ERVA-DOCE


Chá de erva-doce com cardamomo e gengibreIngredientes
4 colheres (chá) de cardamomo esmagado
4 colheres (chá) de semente de erva-doce
5 xícaras de água
1/3 de xícara de mel
1/2 xícara de gengibre em rodelas finas

Modo de preparo
Em uma panela, toste o cardamomo com a erva-doce em fogo médio por um minuto. Junte a água e o gengibre e cozinhe, em fogo baixo, por dez minutos. Tire do fogo, adoce com mel e sirva com rodelas de gengibre. Rende 4 xícaras. 80 calorias em cada xícara


Auxilia muito na digestão e diminuição dos gases estomacais ou de intestino.Por ser diurético, ajuda o organismo a eliminar as toxinas pela urina e suor. Dica: nos dias quentes,experimente a versão gelada batida com sucode abacaxi e maçã.















CHÁ VERDE


Como fazer chá verde.

O chá verde é antioxidante, ele previne o envelhecimento precoce e ainda é um aliado e tanto no emagrecimento – acelera o metabolismo e, conseqüentemente, a queima de gordura.

Mas, a bem da verdade, tomar cerca de quatro xícaras quentinhas da erva todos os dias não é tarefa das mais prazerosas. Pensando nisso, a Viviah de Andrade, nutricionista de famosas como Isis Valverde, uma versão perfeita para os dias mais quentes.

Você pode segui-la por uma semana e tirar o oitavo dia para comer o que quiser. Depois, claro, é preciso repeti-la. “Em 14 dias você seca até 3 kg”, destaca Viviah. Pode apostar: no início do verão, estará até 15 kg mais magra e preparada para o biquíni!

Opções saborosíssimas
Delicie-se com versões geladas da bebida, sugeridas pela nutricionista Viviah Andrade, do Rio de Janeiro, e pelo fitoterapeuta André Resende, de São Paulo

Chá com frutas vermelhas
Ingredientes
1 xícara de chá verde gelado
10 amoras ou morangos

Modo de fazer
Bata tudo no liqüidificador e tome em seguida.

Chá com abacaxi
Ingredientes
1 xícara de chá gelado
1 punhado de salsinha com talo
2 fatias de abacaxi

Modo de fazer
Bata os ingredientes no liqüidificador e delicie-se com a bebida.

Suco energizante
Ingredientes
1 xícara de chá verde gelado
1/2 colher (café) de canela em pó
1 colher (café) de guaraná em pó
1 colher (sopa) de mel
1 copo de água-de-coco

Modo de fazer
Bata os bem todos os ingredientes no liquidificador e tome, de preferência durante o café-da-manhã.

Chá com suco de laranja ou uva
Ingredientes
1/2 xícara de chá verde gelado
1/4 de xícara (chá) suco de laranja ou uva

Modo de fazer
Acrescente a dose de suco ao chá verde, misture bem com uma colher e tome em seguida.

Chá verde com maçã
Ingredientes
1 xícara de chá verde gelado
1 maçã com casca (tire somente as sementes)

Modo de fazer
Bata tudo no liqüidificador e beba sem coar.

Fonte: Abril.com.br

Além do efeito antioxidante, contribui para diminuir o colesterol ruim (LDL) eativa o sistema imunológico. Ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias,pois fortalece as artérias e veias. É recomendado para aliviar sintomasde gripe como congestão nasal, inflamação na garganta e tosse.Dica: faça um suco.energizante com chá verde gelado,água de coco, canela em pó, guaraná em pó e mel.






FONTE: ROSELI ROSSI. DIRETORA DA CLiNICA EQUILiBRIO NUTRICIONAL.

Final feliz de alma leve - Por LEILA FERREIRA

desenho de Nanda Teixeira

CUIDAR DO CORPO É ÓTIMO, MAS MUITAS VEZES A GENTE SE ESQUECE DO ESPÍRITO. QUE TAL DEIXÁ-LO MAIS LIVRE, MÉNOS PESADO? O SEGREDO É NÃO LEVAR TUDO TÃO A SÉRIO, NEM QUERER SER PERFEITA A VIDA FICA MELHOR ASSIM



Os antigos egípcios tinham uma crença interessante: achavam que, na longa viagem que osmor-
tos enfrentariam até chegar ao seu destino, seriam obrigados a participar de um ritual chamado
pesagem da alma. Na cerimônia, comandada por Osíris, a alma do morto fazia sua defesa e se declarava inocente de vários pecados. Mas, em seguida, passava por uma prova: seu coração, considerado a sede da consciência, era colocado numa balança.
Se pesasse mais que uma pluma, a alma estaria condenada a uma série de castigos, podendo até ser devorada por um monstro. Já as almas leves, em paz
com a consciência, tinham a chance de seguir seu
caminho, podendo atingir o paraíso.
Outro dia me lembrei dessa história, quando falava sobre o que mais quero atualmente: viver com leveza. Há anos brinco com minhas amigas obcecadas por dietas sobre os riscos da besidade mórbida do espírito. Cuidar do corpo é ótimo. Mas os quilos da alma costumam pesar mais que os do corpo e, muitas vezes, são esquecidos. Talvez porque emagrecer a alma sejamais difícil. No mundo em que a , gente vive, não falta carboidrato para fazer a alma
ganhar quilos. Os egípcios engordavam com pecados. Nós, com estresse, competitividade, relações pessoais desgastantes, problemas financeiros. E, sem perceber, vamos virando seres pesados, que ocupam lugar de 20 pessoas onde quer que estejam. Ninguém merece conviver com alguém assim. Ou melhor, ninguém merece ser assim. Como diz minha amiga Luciana: "Eu posso até ser gordinha, mas faço questão de ser leve!".
Estou longe de ter a leveza da Luciana - se deixarem, saio arrastando baús e correntes pela vida
afora. Mas jurei no começo do ano que vou mudar e só não digo que estou levando o juramento a sério porque faz parte do meu kit-leveza levar tudo menos a sério - até os juramentos. Mas posso dizer que o verbo que mais conjugo hoje é "descomplicar". Quero aprender a me exigir menos, viver com menos, deixar por menos, enfim, simplificar. E sinto que há muitas mulheres no mesmo barco. Uma amiga que trabalha numa empresa que é uma verdadeira usina de estresse conta que chegava em casa tão carregada que nem ela suportava a simesma.
Asaída que ela encontrou foi aprender a bordar.
Quando chega do trabalho, faz um lanche rápido e pega suas meadas de linha. Começou bordando casinhas e coqueiros. Hoje, borda frases de Guimarães Rosa e brinca: "Com a crise econômica e o aumento do estresse na empresa, vou acabar bordando Grande Sertão: Veredas inteiro".
Mas talvez o grande antídoto contra o peso da alma sejamesmo a diminuição do perfeccionismo.
Há pouco tempo, entrevistei, em Portugal, um casal de psicólogos que desenvolve um trabalho interessantíssimo de educação para o otimismo: Hele[IaMarujo eLuís Miguel Neto utilizam recursos terapêuticos para estimular a leveza e o bom humor.
Em um de seus livros, eles comparam o perfeccionismo à tentativa de pôr um leão dentro de uma garrafa, ou seja, controlar o incontrolável- o que é uma fonte constante de frustração e ansiedade.
O que algumas mulheres vêm tentando (e espero estar neste grupo) é deixar o leão solto e, ao mesmo tempo, não ser atacadas por ele. Fazem o que dá pa-
ra ser feito - não o que aMulher Maravilha faria. Contentam-se em ser mães amorosas, donas
de casa razoavelmente eficientes e profissionais competentes - não pretendem ser perfeitas. E até a estética entra no pacote. Antes, quando achava que as raízes do meu cabelo estavam "pedindo" tinta, corria para o cabeleireiro. Hoje, espero até que elas gritem. Enfim, ainda não dá para pôr a alma na balança como os egípcios, mas, em matéria de leveza, prefiro acreditar que já é um começo.
MC
Página: 178 - Maio 2009
LEILA FERREIRA

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

TÁ BOMBAMDO

ISABELA CABAN - REVISTA O GLOBO.
Saiba porque os suplementos alimentares, quese multiplicam nas prateleiras
das lojas, podem ajudar na prática de exercícios e a ter um corpo mais definido
Entre os aparelhos de musculação da academia de ginástica, um corpo muito musculoso sempre gera tititi:
será que ele (ou ela)toma bomba?
A resposta pode ser um sonoro "sim" graças aos suplementos alimentares, considerados bombas do bem, que nada têm a ver com os anabolizantes, perigosos e vendidos ilegalmente. Eles lotam as estantes das lojas especializada: E podem ser tomados não apenas por atletas, mas por qualquer pessoa que queira melhorar a performance e dar uma força nos músculos. Mas diante de tantas marcas e fórmulas, como saber qual escolher? Maria:na Belem, nutricionista es-
pecializada em esporte, explica que, para ga:nhar massa muscular, é essencial a ingestão de proteína e carboidrato. Isso, claro, associado à prática de exercícios. Os suplementos ajudam nesse roteiro porque contêm componentes que, de alguma forma, levam proteína e carboidrato ao orga:nismo. Vários deles são aminoácidos, que se transformam em proteína depois de ingeridos, como o BCM (de branch chain amino acids) e a glutamina. A nutricionista indica o uso de suplementos com esses dois aminoácidos, além da chamada whey protein, uma espécie de concentrado em pó ou em cápsulas feito do soro do leite que também tem carboidrato. A quantidade a ser tomada, geralmente prescrita na embalagem dos produtos, deve variar conforme a intensidade e a qua:ntidade de exercícios que a pessoa pratica. Ou seja, quem malha mais deve consumir mais suplementos.
- Eles devem ser tomados antes de começar e logo após terminar o exercício. Mas não funcionam sozinhos. A pessoa vai acabar engordando - diz a nutricionista. - A combinação de suplementos que têm BCM, glutamina e whey protein é a mais indicada para complementar a musculação e ainda estimula o GH, o hormônio do crescimento.
Para complementar e potencializar o resultado, é recomendado também um suplemento de ácido graxo ômega 3, que funciona como acelerador de perda de gordura, ou
de picolinato de cromo, um mineral que aumenta a disposição para os exercícios. Há ainda uma espécie de anabolizante natural, que, diferentemente do esteróide que rapidamente aumenta a testosterona e a massa muscular, e sobrecarrega o fígado, não oferece perigo. É o caso do tribulus terrestris, uma erva daninha que impulsiona os níveis de testosterona mas sem causar riscos à saúde. Outra opção que cumpre a mesma função são os suplementos de ergogel, que é um composto rico em magnésio e zinco.
- Seguindo uma dieta rica em proteína e carboidrato junto com os suplementos e os exercícios físicos, os músculos começam a se tornar aparentes em dois meses - diz
a nutricionista Maria
Fernanda Pio.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

DICAS DA REVISTA O2 - MELHORE SUA RECUPERAÇÃO PÓS-TREINO













MELHORE SUA RECUPERAÇÃO PÓS-TREINO
:: Hidrate-se: Beba de 250 ml a 500 ml de bebidas esportivas para suprir a perda de eletrólitos eliminados com o suor


:: Recarregue: Consuma uma mistura de carboidratos e proteínas 15 minutos após a corrida para iniciar a recuperação


:: Troque-se: Coloque uma roupa seca (pelo menos a camiseta) para ajudar seu organismo a regular a emperatura
:: Alongue-se: Uma hora após o término do treino ou prova, alongue pernas, braços e tronco para facilitar a dispersão do ácido láctico e ajudar na recuperação.

:: Valha-se de terapias como sauna: O aumento da temperatura corporal ativa as glândulas sudoríparas e aumenta as frequências cardíaca e respiratória, levando a uma dilatação dos vasos coronarianos e propiciando melhor abastecimento sanguíneo, rico em oxigênio


:: Tome um banho reconfortante: A água morna relaxa o sistema nervoso e ajuda o corpo a reajustar a temperatura

:: Recarregue de novo: Faça uma refeição com uma mistura de carboidratos e proteínas para recuperar seu glicogênio e reconstruir a·musculatura danificada.

Uma sugestão: prefira os cereais integrais, pois são ricos em fibras e reduzem o risco de doenças como diabetes.


:: Deite: Cochilos são ideais, mas você irá se beneficiar mesmo com 20 a 30 minutos de pausa deitando com os pés em elevação. Isso ajuda na circulação sanguínea e diminui os
batimentos cardíacos


:: Aposte na água fria: Se possível, faça, preferencialmente à noite, dez minutos de banheira ou banho frio para ajudar a recuperação muscular e prevenir as dores do dia seguinte e
das 48h após as corridas


:: Massagem: Uma massagem profissional alivia dores específicas e ajuda a relaxar os músculos. As automassagens também são muito benéficas














FONTES: PAULO ZOGAIS, FiSIOLOGISTA; RrCARDO ARAP, TREINADOR; E SUZANA BONUMA, NUTRICIONISTA,


Pior do que as dores do dia seguinte para um iniciante, são as dores de dois dias depois dos treinos. Além de serem muito comuns nas primeiras passadas,se não tratadas corretamente; podem trazer consequências irremediáveis à musculatura do corredor: "O corpo precisa de repouso e correr sentindo dores pode causar lesões. O indicado é repousar ou fazer um treino leve de baixa intensidade", recomenda Glauber Alvarenga, fisioterapeuta do Instituto Vita e especialista em fisioterapia neuromusculoesquelética pela Irmandade da Santa Casa de fisericórdia, de São Paulo.

DICAS DA REVISTA O2 - INVISTA NA RECUPERAÇÃO




INVISTA NA RECUPERAÇÃO



o descanso ideal após a corrida é o que garante a evolução nos treinos e a conquista de sua meta.

:: POR GUSTAVO FERRO
:: ILUSTRAÇÃO LAIS DIAS


Aquestão não é o quão rápido ou o quanto você corre e sim que pratica o esporte. A partir do momento em que as caminhadas viram trotes e a corrida começa a ficar constante no dia-a-dia, é imprescindível atentar para o,s"detalhes" que vão além da atividade em si e abrangem horas de sono, alimentação, trabalho muscular e alongamento.
É o conjunto desses fatores, praticados corretamente, que resultam em uma melhor recuperação do esforço e, como consequência, melhor absorção dos ganhos daquele treinamento e mais rendimento na próxima corrida.
"Só consegui melhorar o meu desempenho nos treinos depois que passei a valorizar o descanso. No começo queria correr todos os dias. Me sentia cansada e percebia que não evoluía",conta a administradora Roberta Salgueiro, 25, que corre há oito meses.


"Uma das realidades da corrida é que se você faz um treino forte, não será um corredor mais rápido no dia seguinte. De fato, 24 horas depois, o atleta estará cansado e, dessa forma, um
pouco mais lento. Porém, em algum ponto, a fadiga do exercício irá dissipar-se e você se adaptará a um nível muito elevado", diz o treinador Ricardo Arap, da Race Consultoria Esportiva.
"Para aperfeiçoar-se, o corredor precisa encontrar o equilíbrio certo entre treinamento e recuperação. Treinos fortes causam fadiga imediata e avaria de tecidos. Dependendo da dificuldade da sessão de treinamento, o corredor pode precisar de dois dias a duas semanas
para recuperação completa. A sessão de treinamento também fornece estímulo para seu corpo se adaptar, mas é preciso tempo para permitir a melhora", afirma Paulo Zogaib - fisiologista do exercício.




OS TIPOS DE TREINOS E SUAS RECUPERAÇÕES

:: Ritmado: Tem o objetivo de adaptar o organismo a manter-se correndo com maior velocidade em distânCias medianas.
A FC Máx. deve permanecer entre 80% e 90% e o treino é
indicado uma vez por semana, com descanso de 48 horas.

:: Longo: Serve para adaptar o organismo a manter-se em
movimento em distâncias superiores a 10 km. A FC Máx. fica
entre 75% e 85% e recomenda-se fazer este treino uma vez
por semana, com descanso de 48 horas ou seguido de um
treino regenerativo, naturalmente mais leve.

:: Intervalado: Sua função é aprimorar a capacidade de resistência ao esforço intenso. A FC Máx. fica no intervalo entre 85% e 95%. Deve ser feito uma vez por semana e ter um descanso de 48 horas.

:: Regenerativo: É usado para recuperar o organismo do esforço de treinos de grande exigência e prepará-Io para novos esforços. A FC Máx. varia entre 60% e 80%e deve ser feito nos dias seguintes aos treinos longos e de velocidade.

:: Fartlek: Tem o objetivo de adaptar o organismo ao esforço e desenvolver a capacidade de resistir à corrida por meio da prática alternada de ritmos forte e leve. A FC Máx. fica entre
75% e 90% e recomenda-se fazer este treino uma vez por semana, com descanso de 48 horas.
Vale lembrar que existem dois tipos de recuperação:
1- Passiva
(que é o descanso total de qualquer atividade física)
2- Ativa
(que permite intercalar outras atividades, como natação, ci-
clismo e voga, além de musculação, aos treinos).

FONTE: CAMILA HIRSCH, DIRETORA TECNICA DA PERSONAl UFE ASSESSORIA ESPORTIVA, PÓS-GRADUADA EM FISIOLOGIA DO EXERCiCIO PELA UNIFESP (UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO).

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O que é a gordura trans?









A gordura vegetal hidrogenada, presente em alimentos industrializados, aumenta o risco de doenças vascularesPaula Sato (Paula Sato)
Biscoito, salgadinhos, sorvete e margarina são uma bomba de gordura trans. Franco, Pedro Rubens e Luna Garcia/DEDOC. Desde 2006, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) obriga todos os fabricantes a indicar no rótulo a quantidade de gordura trans presente nos alimentos. Por outro lado, o Ministério da Saúde também tenta acabar com a utilização dessa gordura, seguindo o exemplo de países como Suíça e a Dinamarca, onde ela é proibida. A perseguição tem um bom motivo. Estudos científicos comprovaram que essa gordura é extremamente prejudicial à saúde: além de aumentar os níveis de colesterol ruim, o LDL, também diminui a taxa de colesterol bom, o HDL. E isso significa elevar o risco de arteriosclerose, infarto e acidente vascular cerebral. A gordura trans é o nome dado à gordura vegetal que passa por um processo de hidrogenação natural ou industrial. "Algumas carnes e o leite já têm essa gordura, mas em pequena quantidade. O que preocupa mesmo são as gorduras usada pela indústria", explica Samantha Caesar de Andrade, nutricionista do Centro de Saúde Escola Geraldo Horácio de Paula Souza, da Faculdade de Saúde Pública da USP. A gordura vegetal hidrogenada faz parte do grupo das gorduras trans e é a mais encontrada em alimentos. Ela começou a ser usada em larga escala a partir dos anos 1950, como alternativa à gordura de origem animal, conhecida como gordura saturada. Acreditava-se que, por ser de origem vegetal, a gordura trans ofereceria menos riscos à saúde. Mas estudos posteriores descobriram que ela é ainda pior que a gordura saturada, que também aumenta o colesterol total, mas pelo menos não diminui os níveis de HDL no organismo. Em geral, as gorduras vegetais, como o azeite e os óleos, são bons para a saúde. Porém, quando passam pelo processo de hidrogenação ou são esquentadas, as moléculas são quebradas e a cadeia se rearranja. Essa nova gordura é que vai fazer todo o estrago nas artérias. Esse processo de hidrogenação serve para deixar a gordura mais sólida. E é ela que vai fazer com que os alimentos fiquem saborosos, crocantes e tenham maior durabilidade. O grande desafio atual da indústria é encontrar uma alternativa mais saudável à gordura trans, sem que os alimentos percam suas propriedades.







Mais sobre saúde

Por que comemos isto?




Por que gordura no prato não significa problema no sangue
Percorra os caminhos do colesterol
Função dos alimentos, uma lição para deixar voce saciada




A obesidade é culpa do fast food ou do freguês?A gordura trans não é sintetizada pelo organismo e, por isso, não deveria ser consumida nunca. Mas, como isso é quase impossível, o Ministério da Saúde determinou que é aceitável consumir até 2g da gordura por dia, o que equivale a quatro biscoitos recheados. Mesmo tendo isso em mente, um dos grandes problemas para o consumidor é conseguir perceber com clareza quanta gordura trans existe em cada alimento. "A Anvisa determinou que, quando uma porção do alimento possuir até 0,2% da gordura, o rótulo pode dizer que o produto não tem gordura trans, o que não é verdade", explica Samantha Andrade. Ou seja, se a embalagem traz os valores referentes à porção de dois biscoitos e esses contiverem 0,2g de gordura trans, o fabricante pode afirmar que o produto é livre dela. Mas, na verdade, se uma pessoa comer 20 biscoitos terá consumido os 2g da gordura. "Por isso, o melhor jeito do consumidor ter certeza do que está comprando é verificar a lista de ingredientes para checar se não existe gordura vegetal hidrogenada na composição do produto", ensina a nutricionista. Vale lembrar que os alimentos que mais contêm gordura trans são bolachas, pipocas de microondas, chocolates, sorvetes, salgadinhos e todos os alimentos que tem margarina na composição.
A gordura trans, sm falar na sua química, é a gordura que forma o colesterol ruim, o LDL, e está contida nos alimentos que tem margarina, sorvetes, pipocas de microondas, bolchas, chocolates, etc. Mas, a ANVISA exige que os fabricantes coloquem no seu produto se têm ou não gordura trans. São responsáveis por AVC, arterioes clerose, infarto, cardiopatias e doençs afins.
Será que esse veneno não está sendo dado para influenciar no crescimento de animais para acelerar seu crescimento para ser logo abatido?Vocês lembram da vaca louca?
Fonte:

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

DEZ AMIGOS DO PEITO - Alimentos que protegem o coração



Especialistas elaboram lista de alimentos que protegem o coração
Ontem foi o Dia Nacional do Coração, mas todos os dias temos que cuidar dele. Que tal começar a tratar o seu companheiro com mais carinho? Para isso, fui atrás desta material que saiu no EXTRA. Eles pediram a especialistas para elaborarem uma lista com dez alimentos que podem ajudar a blindar a sua saúde cardiovascular. Entre os eleitos, estão peixes e oleaginosas, ricos em ômega 3, substância que ajuda a controlar o colesterol.
— Nenhum alimento sozinho faz milagre mas, com certeza, uma dieta desequilibrada afeta, e muito, a saúde cardiovascular — diz a nutricionista Vanessa Pereira Montera, que ajudou a elaborar a lista dos alimentos que podem dar aquela força para o seu coração.
A alimentação saudável é o primeiro passo para garantir vida longa e sadia ao seu coração, bem como o hábito de praticar atividade física.
Segundo a nutricionista Andréa Damazio, do Instituto Nacional de Cardiologia, substâncias presentes em alguns alimentos podem combater as doenças cardiovasculares:


— O resveratrol, antioxidante do suco de uva, pode ajudar a diminuir os níveis de LDL, o “mau” colesterol, e aumentar os níveis de HDL, o colesterol “bom”. Pesquisas recentes também apontam o alho como dilatador dos vasos sanguíneos, o que melhora a circulação e previne os coágulos de sangue.
Mas de nada adianta incluir esses itens na dieta se os pratos são preparados com muito sal, alerta o cardiologista Daniel Magnoni, coordenador do selo de aprovação de alimentos da Sociedade Brasileira de Cardiologia:
— Quem quer ser saudável deve diminuir o sal, a gordura trans e o consumo de açúcar, além de evitar as frituras.


Confira a lista dos dez mais


Suco de uva - contém resveratrol, um antioxidante que reduz o risco de doenças do coração

Cacau - é rico em flavonoides e tem efeito antioxidante: coma no máximo 30g de chocolate com 70% de cacau por dia

Peixes - como salmão e sardinha são ricos em ômega 3, reduzem o colesterol “ruim” e elevam o “bom”: inclua-os no cardápio de quatro a cinco vezes na semana

Abacate - é rico em gordura benéfica ao coração: um quarto da fruta três vezes por semana é o suficiente

Alho - melhora a circulação e previne a formação de coágulos de sangue: coma de dois a três dentes por dia, crus, cozidos ou assados

Quinoa - é um grão muito consumido na Bolívia, rico em ômega 3 e 6, substâncias que combatem o colesterol “ruim” e previnem doenças cardíacas

Oleaginosas - contêm antioxidantes, ômega 3 e elevam o HDL, o “bom” colesterol: coma duas

castanhas-do-Pará ou seis castanhas-de-caju ou duas nozes por dia

Linhaça dourada - é rica em ômega 3: ingerir duas colheres de sopa por dia

Farelo de aveia - contém fibra solúvel, que reduz o colesterol: duas colheres de sopa por dia bastam

Azeite de oliva extra-virgem - com teor de acidez menor ou igual a 0,5% é uma gordura monoinsaturada que faz bem ao coração: duas colheres de sobremesa ao dia bastam.
Fonte:
Enviado por Caroline Barros -
23.09.2010
07h11m

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Um dia eu cansei e comecei a correr.


Eu já fui 7.000km menos interessante. Um dia eu cansei de ficar inseguro na festa. Cansei de olhar para a mesa de comida com culpa. Cansei de passar a tarde de domingo na frente da tv com uma bebida numa mão e na outra comida .Cansei de chegar no trabalho ás nove da manhã com a sensação de que nem sequer tinha ido embora na noite anterior. Um dia calcei um tênis que um amigo me deu, e percebi depois de anos, que eu inspirava e expirava, que meus músculos existiam, que correr fez eu me dar conta de mim mesmo. E aí não fui só eu.

sábado, 11 de setembro de 2010

Receita da farinha de soja preta que seca quatro quilos



Essa é fresquinha! Mais uma, acabei de falar que as capsulas e as farinhas sozinhas não fazem milagres e descubri mais uma. A farinha de soja preta, nem eu sabia que existia soja preta. E para os mais curiosos está na capa da revista “Viva Mais”, nas bancas nesta sexta (13).Ela é Rica em isoflavonas e antocianinas, duas substâncias importantes para combater a perda de peso, a farinha de soja preta foi analisada por pesquisadores coreanos que atestaram: ela emagrece mesmo. Segundo a nutricionista Natalia Dourado, entrevistada pela equipe da “Viva Mais”, é possível perder até quatro quilos ao mês quando aliamos o consumo desse alimento à prática de exercícios físicos e dieta equilibrada. Para colher esses benefícios basta consumir duas colheres de sopa por dia da farinha. Você pode incluí-la em massas para bolo, no suco ou na vitamina de frutas). Ela é encontrada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e até em grandes drogarias. Então tá, vamos a receita da farinha de soja preta.
Ingrediente
200 gramas de grãos de soja preta

Modo de preparo
Coloque os grãos de soja preta em uma assadeira rasa média, leve ao forno pré-aquecido e torre-os por 20 minutos em temperatura baixa. Deixe os grãos esfriarem. Depois moa-os no liquidificador até obter uma farinha semelhante a de amendoim.
Conservação e ValidadeArmazene a farinha em um vidro bem fechado e guarde na geladeira ou local fresco e livre de luz. Consuma em até uma semana.
(Com informações da “Viva Mais”)

Churrasco pode aumentar em 50% chances de câncer


Cada dia parece que surge um novo risco à nossa saúde. Por isso, é melhor ficarmos ligados. Neste caso a mulherada. Um estudo divulgado pelo RealAge revela que mulheres que consumiam mais churrasco durante suas vidas tiveram um risco 50% maior de ter câncer de mama pós-menopausa. Parece que o cozimento a alta temperatura cria algumas substâncias cancerígenas que podem prejudicar o tecido mamário. A carne é particularmente problemática porque quando a gordura pinga sobre o carvão, ela cria compostos perigosos chamados hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Essa fumaça posa no seu hambúrguer, filé ou bife. E quando os HPAs são ingeridos e entram no seu sistema, eles podem danificar as células do seu corpo.
Estava desejando um churrasquinho? Não tenha medo mulherada. Comer carne grelhada, ocasionalmente, não é motivo para preocupação. Mas, claro, evite torná-lo um hábito diário. No estudo, essas mulheres também raramente comiam frutas e verduras. É possível que os antioxidantes nesses alimentos ajudem a compensar alguns dos efeitos prejudiciais dos HPAs. É o que sempre falo, vamos comer mais frutas e legumes. Outro dia estava almoçando com uma amiga do trabalho e meia horas antes ela estava comando tres capsulas. Uma capsula de cha verde, uma de hibisco e a outra de alga. O mas engraçado é que na hora do almoço não tinha nenhum legume e a sobrimesa dela foi uma torta de chocolate. Vamos comer mais legumes e frutas e fazer uma atividade aerobica tres vezes na semana com 30 minutos no minimo. As capsulas , as farinhas de feijão branco, e outras, não fazem milagres ok?

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Sucos funcionais na atividade física.

Sucos bem elaborados podem fazer maravilhas pelo seu organismo. Algumas combinações podem contribuir ainda para dar uma turbinada nos seus treinos


Por Tatyana Dall’ Agnol dagnol@terra.com.br


Sucos bem elaborados podem fazer maravilhas pelo seu organismo. Ricos em vitaminas, minerais, enzimas e fibras, algumas combinações podem contribuir proporcionando disposição e uma turbinada a mais nos seus treinos! Como estes nutrientes são fundamentais para que os processos químicos orgânicos ocorram, o consumo de sucos também auxilia no equilíbrio e funcionamento do corpo, previne o estresse, ameniza o cansaço e reforça o sistema imunológico.


SUCO DETOX
- 1 pepino com casca ou 1 flaconete de clorofila

- 1 folha de couve

- 4 maças com casca

- suco de ½ limão

- 1 copo (200m) de água

- 1 colher de sobremesa de semente de linhaça


Bata tudo no liquidificador ou numa centrífuga. Beba em seguida, de preferência, sem coar!

- Benefícios: a clorofila possui alto valor nutritivo e substâncias que auxiliam o corpo a combater o estresse e a promover a reparação da energia vital das células. Especificamente no exercício, atua como antioxidante e ativa a produção de ATP (energia).

Já a linhaça é boa fonte de ômega 3, lignina (fitoestrógeno que protege contra osteoporose e câncer de mama) e fibras solúveis que auxiliam na redução do colesterol e, consequentemente, de doenças cardíacas. Tem efeito vasodilatador, importante na prevenção da hipertensão. Também possui fibras insolúveis que contribuem para o bom funcionamento intestinal, prevenção da prisão de ventre e para maior saciedade.


SUCO ENERGIA PURA
- 1 colher (chá) de gérmen de trigo

- 1 colher (sopa) de amendoim

- 1 copo (200ml) de suco de laranja lima

- ½ xícara (chá) de banana picada


Bata tudo no liquidificador.

Beba em seguida, de preferência, sem coar!


- Benefícios: o gérmen de trigo e o amendoim são boas fontes de vitaminas E, B1, ácido fólico e minerais como magnésio e zinco. Seu conteúdo em vitamina E é um poderoso antioxidante para a saúde do coração (por ter efeito anticoagulante, promove melhora na circulação sanguínea) e para o sistema imune. A gordura presente em sua composição é predominantemente poliinsaturada, que auxilia na redução nos níveis do mau colesterol e na transmissão dos impulsos nervosos. A banana fornece potássio que previna as câimbras.


SUCO HIDRATANTE
- 2 xícaras (chá) de abacaxi picado

- 2 xícaras (chá) de água

- 1 pedaço de gengibre pequeno (3cm), fresco e sem a casca

- 3 rodelas finas de cenoura


Bata tudo no liquidificador. Beba em seguida, de preferência, sem coar!

- Benefícios: o abacaxi é hidratante e digestivo por conter a enzima bromelina e também reforça a imunidade porque é rico em vitamina C. O gengibre tem propriedades estimulantes e coadjuvantes no alivio da dor. Além disso, é considerado um alimento termogênico, pois aumenta a temperatura do corpo e o gasto energético.


SUCO ANTIOXIDANTE

- 1 xícara (chá) de melancia picada

- 1 xícara (chá) de morangos picados

- 200ml de suco de acerola

- 1 colher (sopa) de mel


Bata tudo no liquidificador. Beba em seguida, de preferência, sem coar!

- Benefícios: o morango e a acerola são ricos em vitamina C que potencializam a função de células imunológicas e auxiliam na manutenção de mucosas, inclusive do trato respiratório. Podem acelerar o processo de recuperação de gripes e resfriados. A melancia possui licopeno que atua como antioxidante aumentando as defesas do organismo e prevenindo o envelhecimento celular.


Confira artigos anteriores de Tatyana Dall'Agnol:

O que comer e não comer antes dos treinos.

Os 10 bons alimentos para o inverno.

Os Top 10 alimentos para atletas.

Como evitar as principais deficiências nutricionais.

Recupere a energia após treinos exaustivos.

Regras para adequada hidratação dos Atletas


http://ativo.uol.com.br/Canais/Pages/Dicadenutricaosucosfuncionaisnaatividadefisica.aspx
Colunista: BEone Núcleo de Desenvolvimento da Performanace HumanaTatyana Dall’ Agnol Mestre em Atividade Física e Saúde (UCB/DF)Especialista em Nutrição e Metabolismo (UNIFESP/SP) E Nutrição para o Fitness e Alto Rendimento (UNIFOA/RJ)
Tel: 11 3051.3269 e 3051.2704